Citrus Research & Technology
https://citrusrt.ccsm.br/article/5e57c1210e8825493f5d5a13
Citrus Research & Technology
Article

PROGRESSO DA MORTE SÚBITA DOS CITROS NO ESTADO DE SÃO PAULO NO PERÍODO 2002-2005

CITRUS SUDDEN DEATH PROGRESS IN SÃO PAULO STATE, BRAZIL, FROM 2002 TO 2005

RENATO BEOZZO BASSANEZI, NELSON GIMENES FERNANDES e CÍCERO AUGUSTO MASSARI

Downloads: 0
Views: 473

Resumo

Desde seu relato, em 2001, no Sul do Triângulo Mineiro e no Norte de São Paulo, a morte súbita dos citros (MSC) tem definhado laranjeiras enxertadas em limoeiros Cravo (Citrus limonia Osb.) e Volkameriano (Citrus volkameriana V. Ten & Pasq.). Para localizar os talhões afetados, estimar o número de plantas sintomáticas e avaliar o risco de progresso da MSC para outras regiões paulistas, realizaram-se três levantamentos, a saber: de julho a setembro de 2002, de setembro a dezembro de 2003 e de abril a julho de 2005. Inspecionaram-se todos os talhões enxertados em limoeiros Cravo e Volkameriano acima de 2 anos, das regiões Norte e Noroeste de SP. Nos talhões, inspecionaram-se as plantas de 20% das linhas de plantio. Encontrada a doença, examinavam-se todas as plantas do talhão para a contagem das plantas com sintomas. Em 2002, 2003 e 2005, encontrou-se a MSC, respectivamente, em 398, 561 e 449 talhões de 5, 18 e 13 municípios. As plantas com sintomas passaram de 22.100 em 2002 para 44.459 em 2003 e 86.597 em 2005. Comparando os levantamentos, talhão a talhão, verificouse que plantas, talhões e propriedades foram eliminadas, direta ou indiretamente, pela MSC entre cada levantamento. Assim, estimou-se que a MSC atingiu, de modo acumulado, 950.609 plantas, em 796 talhões de 123 propriedades, entre 2002 e 2005. Em São Paulo, embora a MSC permaneça nas regiões Norte e Noroeste, altamente concentrada nos municípios de Colômbia e Barretos, ela continua expandindo para novas propriedades e talhões.

Palavras-chave

levantamento e incidência de doença, epidemiologia.

Abstract

Since its report in 2001, in South of Triângulo Mineiro and North of São Paulo (SP), Citrus Sudden Death (CSD) has caused the decline of sweet oranges grafted either onto Rangpur lime (Citrus limonia Osb.) or Volkamerian (Citrus volkameriana V. Ten & Pasq.) lemon. To locate affected groves, estimate the number of symptomatic trees, and assess the risk of CSD spread to other regions of SP, three surveys were done in July/September 2002, September/December 2003, and April/July 2005. All blocks grafted either onto Rangpur lime or 'Volkamerian' lemon older than two years in Northern and Northwestern regions of SP were inspected. In each block, trees in 20% of the rows were inspected. When a symptomatic tree was found, all trees were inspected and the affected ones were counted. In 2002, 2003, and 2005, CSD was found respectively in 398, 561, and 489 blocks of 5, 18, and 13 municipalities.

Keywords

disease survey, disease incidence, epidemiology
5e57c1210e8825493f5d5a13 citrusrt Articles
Links & Downloads

Citrus R&T

Share this page
Page Sections